Povo na rua

Greve geral contra o governo Bolsonaro

“Felizmente o povo está entendendo o que está acontecendo neste país", afirmou Paulo Rocha
Foto: Eliete Ramos

No dia 14 de junho, trabalhadores, estudantes, movimentos socais sindicais e populares foram às ruas contra a política do governo Bolsonaro. “Felizmente o povo está entendendo o que está acontecendo neste país. De golpe em golpe, eles estão destruindo tudo, enfim, o estado social que estávamos construindo”, constatou o senador Paulo Rocha, que participou do ato púbico e passeata em Belém.

“Nós já sabemos como fazer: é povo na rua, ocupando todos os espaços que nós construímos, no parlamento, nos sindicatos, movimento socais. Nossa geração nunca vai passar pela vergonha de não ter lutado! Viva a luta!”.

Na capital paraense, a concentração aconteceu na Praça da República. De lá, os manifestantes saímos em passeata até a Praça do Operário, em São Brás. O senador Paulo Rocha continua articulando as centrais sindicais, partidos de oposição e movimentos socais em uma frente contra a reforma da previdência, que na realidade não e uma reforma, mas o fim da previdência social no Brasil.