Ciência e Tecnologia

Comissão aprova emendas à LDO de incentivo à pesquisa

Relatório de Paulo Rocha garante ampliar fomento à inovação tecnológica e desenvolvimento de cargueiro que apoia missões humanitárias
Foto: Divulgação/Aeronáutica

A Comissão de Ciência e Tecnologia do Senado aprovou, nesta quarta-feira (3), o relatório do senador Paulo Rocha (PT-PA) propondo duas emendas à Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) de 2020. As propostas incentivam o fomento à ciência e tecnologia no Brasil.

“Essas emendas são importantes para incentivar o desenvolvimento tecnológico das nossas indústrias e garantir mais duas aeronaves protótipo do cargueiro KC-390, que serve de apoio às nossas Forças Armadas”, explicou Paulo Rocha.

Uma das emendas acatadas pelo relator garante ampliar as atividades de fomento à inovação tecnológica para o setor produtivo no Brasil. A proposta foi apresentada pelos senadores Paulo Rocha, Jean Paul Prates (PT-RN), Rogério Carvalho (PT-SE), Mara Gabrilli (PSDB-SP) e Luiz do Carmo (MDB-GO).

Já a outra emenda servirá para desenvolver dois protótipos do cargueiro KC-390, desenvolvido durante os governos Lula e Dilma. A aeronave é a maior já fabricada no Brasil e cumpre missões de transporte logístico militar, lançamento de cargas e paraquedistas, reabastecimento em voos de jatos e helicópteros, condução de operações de busca e resgate e evacuação aeromédica, bem como apoiar missões humanitárias.

A emenda para o desenvolvimento do KC-390 foi destinada pelos senadores Oriovisto Guimarães (Pode-PR), Kátia Abreu (PDT-TO) e Izalci Lucas (PSDB-DF).

Ao todo, as comissões do Senado e da Câmara dos Deputados podem apresentar até duas emendas à Lei de Diretrizes Orçamentárias. Elas devem ter caráter institucional e representar o interesse nacional. As indicações serão analisadas pela Comissão Mista de Orçamento (CMO).