Reação

Movimento denuncia ameaças à Amazônia e ao meio ambiente

Iniciativa é inspirada na tática de ação intermediária utilizada por Chico Mendes para defender os territórios dos povos da floresta
Foto: Eliete Ramos

O senador Paulo Rocha (PT-PA), juntamente com o núcleo do PT da Amazônia no Congresso Nacional, lançou na segunda-feira (27) uma campanha em defesa da Amazônia. A iniciativa é uma reação aos ataques que os povos da Amazônia, o meio ambiente e os direitos da classe trabalhadora estão sofrendo por parte do governo federal.

O lançamento do movimento chamado “Empate dos Povos da Amazônia” aconteceu na sede da Central Única dos Trabalhadores (CUT), em Belém. O Empate é inspirado na tática de ação intermediária utilizada por Chico Mendes para defender os territórios dos povos da floresta e impedir a sua derrubada por invasores.

O objetivo é denunciar, nacional e internacionalmente, as ameaças que os povos e o meio ambiente estão sofrendo, além de propor agenda de ações e políticas de desenvolvimento para a Amazônia.

Paulo Rocha ressaltou a importância dos trabalhadores se unirem e se mobilizarem contra o desmonte das políticas e direitos conquistados pela classe trabalhadora com muita luta. “O desafio é nos unirmos contra o governo fascista. Temos que sair de nossas lutas corporativistas, de seguimentos e categorias, para uma luta maior”.

O evento contou com a presença de representantes da Fetagri, movimentos sociais e do deputado federal Airton Faleiro.